Mercado de Cimentos Aquecido

Devido a recessão econômica que sofreu o país desde 2012, o mercado de Cimento e Concreto foi afetado, pois as construções civis caíram. A notícia boa é que as vendas de Cimento no ano de 2017, apesar de seguirem em queda na comparação com o ano anterior, demonstraram a uma melhora significativa, se comparada mês a mês. Essa queda vem desacelerando desde o início do ano de 2017 e fechou o ano com 2 pontos percentuais acima da perspectiva de janeiro/17.

 

 

As perspectivas para 2018 são boas. As vendas de materiais de construção em geral, apresentaram um aumento de 5% no ano passado, o que indica um aquecimento no setor para o início do ano. Em geral, economistas e especialistas da área prevêm um aumento de até 2,5% do setor em 2018, sendo que, em 2017 a queda projetada foi de 6,4%, de acordo com o Sinduscon-SP. É um início de uma retomada que pode durar por algum tempo, recuperando a recessão dos últimos anos.

Com as eleições já definidas e um cenário promissor, as empresas já tem apostado no Brasil com grandes investimentos externos. Crê-se que as projeções serão ainda melhores para 2019.

Iniciar Chat
1
Olá, tudo bem?
Gostaria de obter uma cotação?
Powered by