Conheça mais a fundo os tipos de areia para construção

Para que uma construção aconteça existem várias etapas, que vai desde o planejamento até a compra de cada produto usado na obra. Um deles é a areia, porém, quando se fala dela, a maioria das pessoas acredita que existe um único tipo.

Entretanto, para cada parte da obra é necessário um tipo de areia diferente. Entenda mais sobre as diferenças de cada uma e suas características.

Afinal, do que é composta a areia de construção?

A areia de construção é formada em sua maior parte por quartzo, contudo se a composição da rocha for mesclada, poderá conter outros minerais, como: magnetita, mica, feldspato ou outros.
A NBR 7211 diz que “a areia deve ser composta por grânulos pequenos que passam por peneiras de abertura de malha de no máximo 4,8mm”. Podendo ser obtida em duas principais fontes: natural ou industrial (fabricada).

Conheça cada tipo de areia e onde é aplicada na construção:

Areia Lavada
Também conhecida como “natural” é a opção mais usada em obras. Sua extração é feita do leitos de rios por meio de dragas de sucção.
Após a lavagem da areia, a mesma vai para comercialização , onde será separada por granulação, sendo: fina, média e grossa.

Outra possibilidade é a retirar areia das minas, neste caso usa-se o método cava seca, são escavados locais que por anos acumularam areia. Na sequência ela é peneirada para separação de outros resíduos (pedras e vegetação) e só então comercializada.

Praias e dunas são grandes fontes de areia, porém devido ao sal não é ideal para construção civil, o mesmo interfere na fabricação de argamassas e concretos, impossibilitando que a secagem aconteça de forma correta.

Porém ainda utiliza-se areia de jazidas localizadas no litoral ou próximas, que apesar de passarem por um processo de lavagem, ainda permanecem com um alto teor de cloretos, sendo muito prejudicial a obra. É importante frisar que a areia retirada tanto de praias ou fontes salobras oxidam as ferragens das edificações quando utilizadas no concreto ou argamassa.

Em último caso não havendo a possibilidade da substituição da areia, este teor de cloreto deve ser corrigido na formulação através de aditivos químicos.

Dentro da areia lavada, separamos em três tipos: lavada fina, lavada média e lavada grossa, com diâmetros e uso específicos:

Areia lavada fina: É usada na fabricação de argamassas para revestimentos internos, como reboco fino e liso e os grãos têm entre 0,05 a 0,42mm.

Areia lavada média: Seus grãos possuem entre 0,42 a 2,00mm. Utilizada na fabricação de argamassas para assentamento de blocos e tijolos e concreto.

Areia lavada grossa: Na maioria das vezes é usada na fabricação de argamassa para chapisco e concreto, seu diâmetro varia entre 2 a 4mm.

Areia Usinada
Também conhecida como industrializada ou de brita, este tipo de areia é resultado da britagem das rochas, ou seja, vem da fragmentação mecânica das pedras.

O nome se dá justamente porque ela origina-se de um processo artificial e controlado. Um ponto positivo desta opção é que atende todos os rigores operacionais e técnicos podendo substituir a areia lavada. Além disso, é considerada sustentável em função da sua produção não causar mais impactos ao meio ambiente e também por ser um subproduto da extração de britas.

O esgotamento de jazidas naturais e o aumento nas restrições de extração nos leitos dos rios tem dado espaço para este produto, tornando-a uma excelente opção para a construção civil.

Uso de areia na obra

Seu uso é quase que “obrigatório” quando se fala de construção civil. A areia é misturada com o cimento para a fabricação de concretos e argamassas. Considerada inativa por não reagir quimicamente com água e cimento, ajuda a evitar a perda de umidade, que muitas vezes influencia em rachaduras e trincas na obra.

A areia geralmente é vendida em sacos de 10, 20 e 25kg ou à granel (entregue por caminhões basculantes, geralmente por m³). Vai comprar areia? Então verifique sua origem para evitar transtornos:

Toda empresa que faz extração precisa ter a autorização do Ministério de Minas e Energia, um alvará municipal, licenciamento ambiental e a autorização de intervenção para áreas de preservação. Confira cada item para se assegurar do que está comprando.

Outro ponto é inspecionar o produto, ou seja, após avaliar a documentação conferir se de fato o produto tem qualidade.

Areia suja ou úmida nem pensar, por isso a dica anterior é tão importante no processo de compra, porque se você confere ante pode exigir da empresa, do contrário correrá o risco de receber areia com óleo, galhos e muita terra, o que pode impactar muito na qualidade, durabilidade e resistência da argamassa e concreto.

E você sabia que o volume de areia úmida é muito maior que a seca? Ou seja, você corre o risco de pagar o valor de uma quantidade e receber outra na obra. Fique atento!

E o armazenamento como deve ser feito?

Em local de fácil acesso tanto para quem vai entregar, quanto para os operários da construção.
Já ouviu falar de baias com blocos ou tijolos? são bem úteis para separar as areias por granulometria (tipo de material), principalmente em obras grandes, podendo chegar a 1,2 m de altura cada uma. Além da separação, evitam que a chuva carregue ou traga outros resíduos externos na mesma.

Uma outra opção é usar madeira ou outro material para comportar a areia. A cobertura dessa área precisa ser feita com lona, que é impermeável.

Em caso de locais com grande fluxo de pessoas e veículos, jamais deixe nas calçadas, pois pode atrapalhar a circulação, o armazenamento precisa ser feito dentro do terreno ou canteiro.

 

A Maahs tem disponível todos os tipos de Concreto Usinado, Areias e Britas,, sendo que todos os produtos são devidamente regulamentados (autorizados pelo Ministério de Minas e Energia, com alvará municipal, licenciamento ambiental e autorização de intervenção para áreas de preservação), garantindo a todas as empresas, parceiros e consumidores qualidade do começo ao fim da obra.

Se você busca esse tipo de empresa para sua reforma ou construção, contate nossa equipe! Composta por profissionais devidamente habilitados e treinados para atuar com responsabilidade social, dentro da legislação em vigor, tendo como resultado a redução de riscos ambientais.
Solicite um orçamento: https://www.maahsareiaebrita.com.br/orcamento/ ou ligue: (47) 3635-1348. Conte conosco!

Referência: PRA CONSTRUIR. Areia para construção: saiba tudo que precisa aqui.