8 materiais sustentáveis que vão transformar sua casa

Hoje em dia fala-se muito em maneiras sustentáveis de cultivar um bom e saudável futuro. Pois pela primeira vez na história, está-se vivenciando a escassez dos recursos naturais. Com esse fator agravante, aliado com o consumismo desenfreado, a poluição e as situações críticas de alguns países, percebe-se que é preciso mudar agora o modo de vida de toda a população.

Uma boa solução é optar por materiais sustentáveis na arquitetura e construção, já que em muitas delas ele já é um requisito, presente em boa parte dos projetos atuais. Pois, além de contribuírem para a saúde do meio ambiente, eles também são capazes de gerar economia dentro de casa. Como no consumo de água, energia elétrica e outros materiais usados constantemente. Conheça a seguir 8 opções inovadoras de materiais sustentáveis para a Arquitetura:

  1. Hidrocerâmica

O Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha, na Espanha, abriga um experimento que pode revolucionar os sistemas de ventilação dos projetos. Os alunos da instituição desenvolveram a hidrocerâmica: um material inteligente que responde naturalmente às condições climáticas.

O sistema funciona a base de hidrogéis, substâncias que crescem cerca de 500x seu próprio tamanho na presença de água. Assim, quando está frio e chovendo, o hidrogel cresce e atua como um isolante térmico. E no calor, a água do material evapora lentamente, refrescando os ambientes de 5 a 6ºC.

O resultado final é a junção do hidrogel a estruturas de cerâmica e tecido, que formam uma placa. Estes materiais adicionais permitem que o hidrogel mude de tamanho sem comprometer a estrutura ou o orçamento do projeto.

Todos os materiais envolvidos tem baixo custo, e estima-se que podem economizar cerca de 28% em eletricidade, já que as placas de hidrocerâmica dispensam qualquer outro sistema de ventilação adicional, como ventiladores e ar-condicionado.

  1. Bambu

Sustentável, disponível em grandes quantidades e quase tão resistente quanto o aço, o bambu é considerado o material de construção perfeito por muitos especialistas. Na arquitetura, o bambu pode ser usado para estruturas, vedação ou cobertura de construções.

Mas antes de ser aplicado, o bambu precisa passar por um tratamento químico para evitar o apodrecimento e insetos. Além disso, o material deve ser bem protegido do sol e da chuva para obter uma boa durabilidade ao longo dos anos.

  1. Bioplástico

Produzidos a partir de matérias-primas biodegradáveis, os bioplásticos se decompõem na natureza muito mais rápido do que o plástico sintético. Algumas variações incluem a utilização de amido de milho, soja e algas, mas principalmente o etanol proveniente da cana-de-açúcar. O bioplástico captura CO2, que auxilia na redução da emissão dos gases de efeito estufa e utiliza menos energia na hora de produzir o material.

Ele possui as mesmas propriedades físicas e químicas do polietileno convencional feito a partir de matéria-prima fóssil. Por isso, pode substituir o plástico comum na fabricação de incontáveis produtos como pisos, rodapés, revestimentos e divisórias para ambientes.

  1. Vidro inteligente

São conhecidos como vidros inteligentes por sua capacidade de oferecer mais benefícios ao usuário além da transparência dos vidros comuns. São basicamente um vidro ligado à energia elétrica com películas que podem deixar o visual opaco ou transparente, dependendo do momento. Se estiver desligado, ele fica opaco.

Podem bloquear raios solares e impedir o superaquecimento, diminuindo gastos com energia elétrica ao evitar o uso de ar condicionado. Além disso, também pode ter outras funcionalidades mais avançadas, como funcionar como painel de controle de automação residencial ou como, tela para retroprojeção de imagens e vídeos, tanto em áreas internas quanto em fachadas.  

Além disso, o material ainda permite controlar a quantidade de raios ultravioleta e infravermelhos atingindo o ambiente ao longo do dia.Como resultado, é possível obter grande conforto visual de acordo com a incidência da luz solar no ambiente reduzindo os gastos com ventilação e ar condicionado em mais de 25%.

  1. Tinta biodegradável

As tintas biodegradáveis são feitas a partir de materiais orgânicos, naturais e não tóxicos ao meio ambiente. Atualmente, já existem opções de tintas biodegradáveis feitas com soja, leite, limão, fosfogesso e pigmentos minerais. Mas possuem prós e contras que devem ser levados em consideração. Confira:

Vantagens:

  • Recurso renovável
  • Fácil reciclagem
  • Menos manchas
  • Cores mais vivas
  • Estabilidade
  • Propagação 15% mais facil
  • Menos 25% de emissão de Compostos Orgânicos Voláteis

Desvantagens:

  • Maior tempo de secagem
  • O cultivo da soja é responsável por grande parte do desmatamento na Amazônia e do Cerrado
  • Componentes Não-biodegradáveis
  • Consequências socioambientais

  1. Tijolos ecológicos

Os tijolos ecológicos se diferem dos tijolos comuns pelo processo de fabricação. Ao contrário dos tradicionais, que são queimados em um forno e geram gases poluentes, os eco-tijolos são compactados e moldados em uma prensa hidráulica.

Produzido a partir de misturas que geralmente envolvem areia, água, terra e cimento, o tijolo ecológico é possui excelente resistência, isolamento acústico e térmico. Já é fácil encontrá-los no mercado, com diferentes dimensões e tipos de encaixe. E além do processo sustentável de cura, algumas opções ainda incorporam resíduos orgânicos (como bagaço de cana) em sua composição.

  1. Waterbox

A Waterbox é uma alternativa para aproveitar a água de maneira sustentável em espaço pequeno. Até mesmo para quem mora em apartamentos ou residências urbanas em geral. 

Ela foi desenvolvida com tanques verticais slim que possibilitam o estoque de água limpa, de reúso ou da chuva. É uma solução prática, versátil e bonita para que todos possam poupar recursos hídricos, independentemente do tipo de água que desejam reaproveitar e da disponibilidade de espaço. Elas se adaptam a espaços reduzidos e possuem um design moderno. O formato e cores valorizam o ambiente.

Reaproveitar água é uma atitude ambientalmente amigável que economiza não só recursos hídricos, como o seu dinheiro. Vale ressaltar que ele é produzido com materiais completamente atóxicos e 100% recicláveis.

Podem ser usadas na cozinha, lavanderia, banheiro, áreas externas e água do ar-condicionado.

  1. Ecotelhado branco

O Ecotelhado Branco é um revestimento térmico que graças à sua capacidade de refletir a radiação solar, consegue reduzir drasticamente a temperatura do ambiente interno. O material é produzido a partir de nano-esferas ocas de cerâmica, que são misturadas a resinas e aditivos.

Como resultado, o Ecotelhado Branco é capaz de reduzir em até 35% a temperatura do ambiente, diminuindo o consumo de energia elétrica para com ventiladores e ar condicionado e ainda protegendo contra a proliferação de fungos e bactérias.

Você tem algum desses na sua casa? Conta para nós nos comentários! Aqui na Maahs temos uma fantástica Política de Sustentabilidade e oferecemos os melhores produtos para suas reformas e construções sustentáveis: o Concreto Usinado, Areias e Britas. Faça um orçamento: maahsareiaebrita.com.br/orcamento/ ou ligue: (47) 3635-1348, para construir um bom futuro!

Iniciar Chat
1
Olá, tudo bem?
Gostaria de obter uma cotação?
Powered by